domingo, 7 de agosto de 2022 - 07/08/2022 22:47:55
Vidraçaria Espelhos BH

O vidro fotovoltaico é uma ótima alternativa para investir em economia de energia no médio e longo prazo.

Com o avanço da tecnologia, as empresas começaram a se preocupar não apenas com os gastos em si, mas, em como obter os materiais e conseguir reservar e otimizar os recursos e gastos.

Por isso os vidros fotovoltaico começaram a implementar uma tecnologia que antes só parecia possível em filmes de ficção científica.

Essa inovação não é recente no exterior, principalmente em edifícios de grandes marcas, e hoje já é acessível no Brasil.

O que este artigo aborda:

O que é vidro fotovoltaico?

O vidro fotovoltaico é uma ferramenta que tem como objetivo a geração de energia elétrica através da absorção da luz do sol.

Vidro fotovoltaico

Mas, diferentemente das placas fotovoltaicas, os vidros não possuem nenhuma mancha ou marcação para fazer esse processo.

Sendo assim, de longe e a olho nu ele é igual a um vidro comum, podendo passar despercebido durante o nosso dia a dia.

Isso acontece pois o material é constituído por células solares transparentes e com semicondutores.

Como o vidro fotovoltaico funciona?

Os semicondutores são os principais responsáveis pela captação de energia solar, sendo constituído por células fotovoltaicas fabricadas com silício (elemento químico semicondutor).

Dentre as células solares, as mais comuns usadas no vidro fotovoltaico transparente são:

  • Célula de Silício;
  • Célula de Filme Fino; 
  • Células Solares Orgânicas (OPV).

Nesse sistema, a eletricidade percorre os fios metálicos finos inseridos entre as placas de vidro e podem percorrer de um painel solar ao outro.

Dependendo do espaçamento escolhido para cada vidro, a quantidade de luz que o atravessa pode ser maior.

Sobre a estética, assim como um vidro comum, existe a possibilidade de escolher as cores que aplicadas no vidro.

Quais os benefícios do vidro fotovoltaico?

As vantagens do vidro fotovoltaico são enormes para a natureza, pois, essa tecnologia gera energia limpa, responsável e renovável.

Com o uso dessa tecnologia, os efeitos negativos causados pelo efeito estufa reduzem de forma drástica, contribuindo para a diminuição e dependência energética das fontes não renováveis – como petróleo.

Além de gerar energia de forma mais responsável para indústrias, essa tecnologia tem sido usada também em residências.

Ele auxilia na diminuição de absorção de calor, reduzindo o uso de ar condicionado. Isso ocorre porque o vidro serve como um isolante térmico.

Além disso, cabe ressaltar que apesar do custo parecer mais alto em um primeiro momento, o sistema fotovoltaico se mostra econômico no longo prazo.

Isso ocorre porque além de diminuir a necessidade do uso de energia elétrica por conta do uso da luz natural, a energia excedente produzida pela placa de vidro pode retornar como desconto na conta elétrica da rede tradicional.

Como usar vidro fotovoltaico?

No Brasil, essa tecnologia está presente no aeroporto de Viracopos, em Campinas, visando os diversos benefícios que ela pode trazer.

Para ter uma ideia, por meio da tecnologia BIPV (Building Integrated PhotoVoltaics) as estruturas que auxiliam na produção de energia limpa podem ser aplicadas no lugar de outros materiais de construção, como tetos, fachadas e claraboias.

E apesar dos novos edifícios presentes no mundo apresentarem uma estética moderna e adaptada para diversos sistemas, em sua maioria eles não possuem espaço ou estruturas ideais para receber esta tecnologia sem o auxílio do BIPV.

Cabe dizer que o BIPV não deve ser usado apenas em novas construções, afinal, os edifícios mais antigos também podem se adaptar a energia fotovoltaica, usando ela como um suporte para diminuir os gastos.

E não é só os prédios aderindo a esse método. Por exemplo, os pontos de ônibus em Londres também estão aplicando os vidros fotovoltaicos, evitando a queima de 53 barris de petróleo por ano.

O papel dos vidros fotovoltaicos na sustentabilidade

Tanto a tecnologia do BIPV quanto a do vidro fotovoltaico proporcionam uma energia limpa, ou seja, sem impactos ambientais.

Por isso, casas, empresas ou redes que apostem nessa tecnologia conseguem diminuir a emissão de carbono e custos elétricos.

De fato, a preocupação com a sustentabilidade e meio ambiente está crescendo gradativamente em todo o mundo.

Isso por que empresas e pessoas estão cada vez mais conectadas em garantir um futuro saudável e sustentável em todo o globo.

Apesar da maioria dos vidros serem feitos com silício ou filme fino, os especialistas na área apostam que o futuro dessa tecnologia é por meio do uso das células solares orgânicas conhecidas como (OPV).

Através dessas células, os vidros serão transparentes e ultrafinos, mas, com a mesma resistência e durabilidade de um vidro temperado.

Imagine sair sem se preocupar em levar carregador, pois, os smartphones se carregam sozinhos através da luz do sol.

Essa tecnologia tem se tornado cada dia mais essencial para smartphones e notebooks, pois, devido a transparência e a construção ultrafina dos vidros, fica muito mais fácil dos raios solares acessarem essas ferramentas.

O futuro do vidros fotovoltaicos

Independente do que acontecerá com a tecnologia, uma das certezas presentes no ramo é que o futuro usufrui muito mais da energia solar, seja através das placas ou dos vidros.

De modo geral, os avanços tecnológicos tem como ponto principal facilitar a nossa vida e nos trazer mais comodidade.

E, com essa tecnologia sendo aplicada em nossas vidas, é certo que em breve as contas de luz não serão mais um problema.

Para saber mais, veja o vídeo do canal FAÇA ACONTECER.

O conteúdo "Vidro fotovoltaico: o que é, como funciona e qual o preço" foi feito por Vidraçaria Espelhos BH e distribuído por Vidraçaria Espelhos BH na categoria Externo em . Conteúdo atualizado em .

Pode ser do seu interesse

Janela de vidro: tipos, blindex e preço

Janela de vidro: tipos, blindex e preço

O que é fechamento de área com vidro

O que é fechamento de área com vidro

Fachada de ACM: o que é, vantagens e preço

Fachada de ACM: o que é, vantagens e preço

Vidro temperado

Vidro temperado

Como decorar cozinha? 7 dicas de arquitetos

Como decorar cozinha? 7 dicas de arquitetos

Decorar apartamento pequeno

Decorar apartamento pequeno