terça-feira, 28 de junho de 2022 - 28/06/2022 08:34:28
Vidraçaria Espelhos BH

O conteúdo "Vidro na varanda: dicas, vantagens e preço" foi feito por Vidraçaria Espelhos BH e distribuído por Vidraçaria Espelhos BH na categoria Externo em .


O uso vidro na varanda é ótimo para dar mais conforto e caprichar na decoração de casa ou apartamento.

Afinal, é nela onde você passar momentos de conforto, ócio, descanso e lazer ao lado de sua família.

Além disso, é o local que você levará seus convidados, amigos e animais de estimação.

Por isso, a presença de uma sacada é um requisito muito buscado por quem quer comprar ou alugar um apartamento em várias capitais do país.

Por isso, uma boa dose de capricho nunca é demais em se tratando de conforto e qualidade de vida.

Vidro na varanda

Assim, contratar uma vidraçaria confiável pode ser uma ótima opção para tornar a sua varanda mais moderna.

O uso de vidro na varanda permite que mais luz natural entre, além disso, veda o local do vento, da chuva e do frio.

Com base na instalação de vidros na varanda de casa ou apartamento, veja algumas dicas e cuidados que você deve tomar para evitar prejuízos.

O que este artigo aborda:

Quais os tipos de vidro para varanda?

Em suma, existem dois tipos de vidro para varanda, são eles:

  • Vidro temperado;
  • Vidro laminado.

De acordo com a Norma NBR 16259, específica para envidraçamento de sacada, o vidro temperado é o recomendado, pois, é mais resistente e seguro.

Dicas para colocar vidro na varanda de apartamento e casa

Abaixo, veja algumas dicas e cuidados para o seu projeto de envidraçamento de varanda.

1. Atente-se à qualidade do material

Primeiramente, pesquise bem os fornecedores do material que você deseja adquirir.

Além disso, atente-se à qualidade do material escolhido nos imóveis que você deseja alugar ou comprar, caso seja o caso.

Quanto melhor ele for, menos prejuízo você terá para situações envolvendo oscilações de temperatura em geral.

Além disso, eventualidades com crianças, idosos e animais domésticos podem ocorrer com materiais de baixa qualidade no vidro da varanda.

No caso de uma queda, escorregão ou leve batida no local, seu vidro jamais pode se romper, vindo a ferir quem estiver por perto.

Se for o caso, ao lado de fora dos vidros, mantenha o local com redes de proteção, pois, é uma solução de complemento para a sua segurança e a de todos os membros de sua família.

Além do mais, lembre-se que os vidros instalados na varanda geram um peso extra na estrutura da sua casa ou edifício, o que pode não ser suportado em alguns casos.

Por isso, contrate um especialista para fazer a instalação do envidraçamento de sacada.

2. Cuidado com a segurança

A instalação de vidros na varanda pode ser feita a qualquer momento da construção do seu imóvel, ou em qualquer momento depois, dependendo da sua realidade financeira.

Contudo, esteja atento a normas do seu condomínio e também às leis de zoneamento de seu município caso você more em uma casa.

O local para a instalação do sistema deve ser analisado por um profissional e os vidros podem apresentar diversas configurações, de acordo com as preferências e o uso que será dado a este espaço.

O ideal é que sejam usados vidros resistentes, como o vidro laminado ou o vidro temperado.

Também é recomendado usar a película para vidro para aumentar ainda mais a segurança da varanda.

Além de serem instalados por profissionais qualificados, para não correr o risco de que alguma lâmina de vidro escape e acabe ferindo algum pedestre ou vizinho.

Portanto, uma dica valiosa: na hora de contratar uma vidraçaria para colocar vidro na sacada, questione sobre o modo de instalação e se o produto que está adquirindo está obedecendo às normas técnicas que a legislação prevê.

A norma técnica número 16.259/2014 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) trata dos requisitos e métodos de ensaio, dando diretrizes desde a correta medição do espaço de instalação até a escolha adequada dos vidros para cada perfil de edificação e estrutura.

3. Esteja ciente das regras do seu condomínio

Se você mora em prédio ou condomínio residencial, você deve se certificar se o condomínio onde mora permite o envidraçamento de sacada, seja ela parcial ou total.

Além disso, verifique o que está determinado quanto a detalhes para isso, como as cores de vidro e os perfis determinados pelas convenções internas feitas entre os moradores.

Na maioria dos casos, o manual do condomínio indica um padrão para isso, exigindo que se mantenha a unidade visual do edifício.

4. Tenha atenção com o manutenção do vidro na varanda

Os vidros na varanda requerem atenção com limpeza e manutenção constante.

Isso porque os materiais podem se deteriorar com o passar do tempo, afinal, estão expostos a intempéries como sol, chuva e vento.

Portanto, faça a limpeza dos vidros na vidraça e nos trilhos periodicamente, retirando a poeira e toda a sujeira existente.

Esse cuidado evita manchas, riscos e outros imprevistos, além de prolongar a vida útil da sua sacada com vidro.

Além do mais, ao menos uma vez por ano, solicite a visita de um técnico para fazer uma avaliação na estrutura da sua sacada para garantir a segurança da mesma.

No caso da limpeza dos vidros, evite produtos abrasivos, faça a sua limpeza usando pano com sabão neutro e produtos de limpeza específicos para vidros.

Os produtos para limpar vidro podem ser adquiridos em lojas especializadas em supermercados. Evite fazer soluções caseiras, pois, elas podem causar manchas nos vidros da sacada.

5. Cuidado com o manuseio das folhas de vidro na varanda

Vidros são objetos um tanto quanto frágeis. Portanto, na hora de manusear as lâminas, especialmente se as escolhidas forem as que permitem abertura total da sacada ou estilo envelope, tenha muito cuidado.

Manusear os vidros da sua sacada corretamente ajuda a evitar problemas nas peças de rolamento e em suas vedações, além de facilitar o deslizamento das folhas pelos trilhos, evitando que emperrem.

A maneira adequada de abertura se faz pelo destravamento do vidro, apoiando a folha pela parte que não está vedada.

Aplicando leve força até que ela siga sua dobra de 90 graus, acompanhando o rolamento do vidro. Esse é o processo de abertura, que deve ser feito folha por folha, com muito cuidado.

Caso isso não seja seja possível fazer de modo correto, solicite a visita do instalador ou, de algum responsável técnico de uma empresa confiável para que faça as adequações necessárias.

Para saber mais, veja o vídeo do canal Studio 1202.

1

Pode ser do seu interesse

Cortina de vidro

Cortina de vidro

Benefícios da automação residencial

Benefícios da automação residencial

Como decorar cozinha? 7 dicas de arquitetos

Como decorar cozinha? 7 dicas de arquitetos

Dicas para limpar box de vidro do banheiro

Dicas para limpar box de vidro do banheiro

Marketing para vidraçaria: como atrair clientes para vidraçaria

Marketing para vidraçaria: como atrair clientes para vidraçaria

Decorar apartamento pequeno

Decorar apartamento pequeno